<span class="bn">Como alguém <br>se torna psicanalista?</span><span class="as">Jacques Nassif</span>

Código: 9788577402687
R$ 45,00
Comprar Estoque: Disponível
  • R$ 45,00 PIX
  • R$ 45,00 Boleto Bancário
  • R$ 45,00 American Express, Visa, Diners, Mastercard, Aura, Hipercard, Elo
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

TÍTULO:

Como alguém se torna psicanalista?

RESUMO:

Autor(Jacques Nassif)
Tradução de Júlio Castañon Guimarães
Coedição Corpo Freudiano Seção Rio de Janeiro
Coleção Janus, n. 17
ISBN 978-85-7740-268-7
2018, 1ª edição, 128 p., 16 x 23 cm


DESCRIÇÃO:

A correspondência entre uma jovem – cujo saber ainda não sabido se volta para questões decisivas a respeito de como alguém se torna psicanalista – e seu interlocutor, formado no contexto da clínica e do ensino de Jacques Lacan – e de que o nome atesta, por homofonia, o insabido nos equívocos da fala –, é o palco onde se desenrola este convite de Jacques Nassif às sutilezas de uma leitura que se enriquece, sobretudo, da compreensão do que se esƒboça nas entrelinhas e não do que se consegue decifrar no escrito.

Tendo como pano de fundo a redefinição do ofício de psicanalista ocorrida na Europa nas últimas décadas com base no que a legislação a respeito das psicoterapias passou a prever – e não na análise leiga, no sentido em que Freud a entendia –, as cartas aqui reunidas permitem vislumbrar não apenas que da clínica de um mesmo psicanalista pode decorrer tanto o melhor quanto o pior, mas também que todos os critérios sobre o fim (mas não os fins) de um tratamento psicanalítico que já foram definidos pelos próprios analistas têm como única utilidade revelar sua inconsistência.

Numa experiência que se revelará psicanalítica, trata-se sempre de inventar uma solução para um problema jamais verdadeiramente estabelecido por aquele que sofre de seu sintoma. Em seu decorrer, a constatação de que não havia meios de resolver esse sofrimento se torna o recurso pelo qual o analisando fará sua queixa aflorar, abrindo-se à possibilidade de reorientar sua existência no mundo. Ao abrir mão da genealogia de um eventual saber previamente estabelecido, cuja forma corpórea se apresenta em quem o escuta, aprenderá com as próprias vísceras que alguém só se torna psicanalista, valendo-se da travessia de um padecimento pelo qual se deixa ensinar.

 

Jacques Nassif

Após começar a frequentar o Seminário de Jacques Lacan em 1966, torna-se o primeiro redator da École freudienne de Paris, da qual passa a ser membro em 1969. Declara-se psicanalista em 1975 e publica seu primeiro livro, Freud, l’inconscient, em 1977, seguido, entre outros, por Le bon mariage (1985) e L’écrit, la voix (2004). Desde 1995, exerce a psicanálise também em Barcelona. Tradutor de romances, poesia e ensaios, é membro da associação Cartels Constituants de l’Analyse Freudienne.

 

Sumário ¯     Prólogo ¯ 

 

R$ 45,00
Comprar Estoque: Disponível
Pague com
  • PagSeguro V2
Selos
  • Site Seguro

Contra Capa Livraria Ltda. - CNPJ: 68.575.083/0001-80 © Todos os direitos reservados. 2021


Para continuar, informe seu e-mail

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência em nosso site. Para saber mais acesse nossa página de Política de Privacidade

Social